Fique por Dentro

O colóquio “Mulheres: uma história de lutas” debate saúde, política e poder sobre a perspectiva das mulheres

destaque da frase Uma história de mulheres e de muitas lutas vem sendo construída e ela precisa ser contada e recontada diversas vezes, até que faça parte, inquestionável, de nossos valores de vida.
Publicado em: 07/março/18   |   Autor: Adriana Peres

O evento gratuito acontece na cidade de São Paulo e tem como proposta debater questões sociais como saúde, política e empoderamento sobre a perspectiva das mulheres

Michelle Perrot, uma renomada historiadora francesa, em seu livro “Minha história das mulheres” publicado em 2006, destaca a importância de se contar a histórias das mulheres no mundo, dado a sua participação óbvia no decurso dos acontecimentos. Elas, porém, afirma a autora, nem sempre tiveram seus feitos relatados, como se ausentes dos processos históricos, as figuras femininas passaram, por um bom tempo, sendo retratadas, quando muito, de maneira estigmatizada, simplista e irreal. Dado a isso, os trabalhados da autora, têm um papel importantíssimo na reconstituição do valor público dessas personagens.

Mesmo ao longo dos séculos com o avanço de tecnologias que permitiram reconstituir documentos antigos, cientificar o trabalho de historiografia, profissionalizar a atuação dos historiadores e outros profissionais, as mulheres continuaram à margem. Somente na década de 1960, elas surgem como “objeto” nas ciências humanas em geral e na história em particular. Hoje, principalmente com o avanço dos estudos feministas, em suas diferentes vertentes, uma variabilidade de perspectivas sobre o papel social da mulher tem questionado o status quo, no qual o homem/masculino é tido como a referência e apontado como possuidor de uma superioridade inata.

O constante debate e questionamento acerca da ordem das coisas é essencial para que as mulheres ocupem de fato o seu papel na história, tão importante quanto o dos homens, e possam tomar como referência a si próprias, reconhecendo o seu valor no mundo. Neste sentido, retomar, sempre que necessário, pontos que parecem muitas vezes já desgastados é importantíssimo, ainda mais quando na contramão dos avanços históricos, vemos movimentos que tentam justamente manter a condição desigual entre homens e mulheres.  apas com a frase final do texto

O colóquio “Mulheres: uma história de lutas”, organizado pela Fundação 1º de Maio em parceria com a Secretaria Estadual da Mulher de São Paulo do Solidariedade, vem ao encontro dessa concepção e tem como proposta debater questões de interesse social sob a perceptiva das mulheres. Um bate papo sobre saúde, política e empoderamento para todas aquelas e aqueles que buscam abrir os olhos para uma realidade em desequilíbrio, de cuja história muitas vezes fomos apagadas.

O evento conta com a participação da ex-Secretária da Saúde de Carapicuíba, Simone Monteaperto, das advogadas Denise Neri e Adriana Bernardino e da Presidente da Liga das Mulheres Eleitoras do Brasil (LIBRA), Marta Livia Suplicy.

No dia 10 de março esteja com a gente nesse bate papo e participe desse movimento histórico de transformação, do qual, com toda certeza, seremos protagonistas! Uma história de mulheres e de muitas lutas vem sendo construída e ela precisa ser contada e recontada diversas vezes, até que faça parte, inquestionável, de nossos valores de vida.

 

Data: 10 de março de 2018
Horário: das 08h às 13h
Local: Leques Brasil Hotel Escola
Rua São Joaquim, 216, Liberdade, São Paulo – SP.
Auditório: Francisco Calasans Lacerda

 

Newsletter

Receba novidades, informações de cursos, palestras e outros eventos da Fundação 1º de Maio.
Todos os campos são obrigatórios.
2018 Fundação 1º de Maio. Partido Solidariedade. © Todos os direitos reservados.